Já ouviu falar sobre Engenharia de cardápio?

Já falamos aqui no blog sobre a importância de ter um cardápio otimizado: com boas fotos, um layout atraente e que destaque seus pratos e drinks mais importantes. Essa inteligência de utilizar o menu como uma ferramenta de marketing e vendas é essencial para o sucesso do seu restaurante.

Você também pode ler este artigo em: https://menu.com.vc/blog/o-que-e-engenharia-de-cardapio

menu com vc sua distribuidora online de alimentos e bebidas

Utilizar o layout, posicionamento dos produtos e otimizar suas vendas através do cardápio fazem parte do conceito de engenharia de cardápio, afinal utilizando algumas estratégias você consegue beneficiar seu restaurante e as refeições mais lucrativas para o seu negócio, deixando essas em destaque no menu e, consequentemente, levando mais clientes a optarem por esses pratos!

 

Mas você sabe quais são os seus melhores pratos?

 

Não basta saber o custo de produção e o custo de venda, é muito mais que isso.

Vamos lá! A primeira coisa é saber qual a margem bruta de cada um dos seus pratos (R$ de venda – R$ custo = Margem Bruta), faça isso com todos os seus pratos.

 

Exemplos

Macarrão simples

  • Venda: R$18,90
  • Custo: R$5,90
  • Margem Bruta = R$13,00
  • Lucro Bruto = 68%

 

Pizza de Mussarela

  • Venda: R$20,00
  • Custo: R$7,80
  • Margem Bruta = R$12,20
  • Lucro Bruto = 60%

 

Feito? Então vamos para o próximo passo.

Agora você precisa saber o volume de vendas de cada prato. Essa é uma informação essencial para ter sucesso e melhorar as suas vendas!

 

Vendas da semana

Macarrão: 10 pedidos

Lucro: R$13,00 x 10 = R$130,00

 

Pizza de Mussarela: 15 pedidos

Lucro: R$12,20 x 15 = 183,00

 

Observando essas informações, conseguimos saber que:

A margem bruta do macarrão é melhor que a da pizza, mas a pizza sai 50% a mais do que o macarrão, então ela é um produto que merece ficar em destaque no seu cardápio.

 

Você pode dividir seus pratos em algumas categorias. Para encaixar seu cardápio é bem simples:


O item é popular para os seus clientes?

O item é lucrativo para o seu restaurante?

 

Estrelas: São os pratos TOP, que saem muito e também tem uma boa margem de lucro

Quebra-cabeças: são aqueles que têm uma margem muito alta, mas não saem muito

Burros de carga: pratos que saem muito, mas sua  margem é baixa

Cachorros: aqueles pratos que não só saem pouco, mas como também proporcionam uma margem baixa

menu com vc sua distribuidora online de alimentos e bebidas

Depois de separar seus pratos dentro das 4 categorias acima, o que fazer?

Agora que você sabe quais são os pratos estrelas do seu restaurante, destaque eles dentro do layout do seu cardápio, colocando esses itens no topo do menu e em áreas destacadas, para que os seus clientes peçam mais esses itens.

Não exagere na quantidade de itens destacados, para não poluir o cardápio com muitas fotos e informações.

menu com vc sua distribuidora online de alimentos e bebidas

Você pode também adicionar selos que chamem a atenção, como especial da casa e recomendado pelo chef, que chamem a atenção dos clientes, e claro, com uma belíssima foto do seu prato (confira dicas de como tirar fotos aqui).

menu com vc sua distribuidora online de alimentos e bebidas

Se o seu cardápio é impresso, vale a pena revisar periodicamente seus produtos e preços, para saber se eles ainda são produtos estrela ou se mudaram de categoria e imprimir novamente seu cardápio.

Observe as vendas e os preços dos insumos para não deixar de lucrar mais e agregar valor aos seus pratos. São dados muito importantes para o seu negócio.

Mas se você já trabalha com cardápio digital, a engenharia de cardápio fica mais simples ainda, pois é possível alterar o seu menu diariamente, assim como ajustar os preços e quais produtos estão disponíveis para venda.

GOOMER_CARDAPIO_DIGITAL

“O cardápio digital potencializa o trabalho da equipe, assim como melhora toda a operação e o acesso a informação sobre o negócio”, comenta Felipe, da Goomer.

Os cardápios digitais funcionam através de tablets posicionados nas mesas do restaurante e permitem que os clientes vejam as fotos dos pratos, leiam as descrições e vejam mais opções.

Além disso, o autoatendimento estimula as vendas, pois com mais imagens e detalhes dos pratos agregadas ao navegação e facilidade do cardápio digital, faz com que os clientes acabem pedindo mais do que fariam com o cardápio tradicional.

“O dinamismo e a customização do pedido através do cardápio digital ajudam a explorar e melhorar as opções de adicionar ou trocar itens. Isto gera um aumento nas vendas de 10% a 40%, dependendo do estilo do negócio”.

FELIPE_SARNO_GOOMER

Felipe Maia Lo Sardo, da Goomer Cardápios Digitais

Ou seja, conquiste seus clientes através do seu cardápio, digital ou impresso: uma boa descrição do prato, não muito longa, mas que deixe claro todos os principais ingredientes do prato, o método de preparo e uma bela visão do prato ajudam nas vendas.

Gostou do post?

Confira mais dicas sobre cardápios no blog da Goomer.com.br

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s