8 dicas para abrir uma hamburgueria

Um mercado em constante crescente em todos as esquinas: hamburguerias.
Explorando uma fatia de mercado que antes só havia em grandes capitais e agora está em todo o país, até em regiões e cidades menores, que estão buscando novas marcas, produtos e experiências de maior qualidade.

Segundo dados do Instituto de Gastronomia, hoje São Paulo já conta com mais de 300 hamburguerias (2015), e ainda segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), o segmento de alimentação fora de casa cresce uma média de 10% ao ano, o que só torna o mercado mais promissor.

Você consegue ler este texto em: https://menu.com.vc/blog

Mas como aproveitar essa onda?

Bem, agora que já temos informações sobre o mercado, tem muitos outros pontos importantes a serem considerados para um investimento na área.

foto_lucro_pizzaria1. Capacidade de gestão:

Assim como qualquer negócio, uma hamburgueria exige uma boa gestão, tanto de recursos (ingredientes, espaço, contratação de pessoal, limpeza etc), assim como de gestão estratégia do negócio, pensando desde a comunicação e identidade da sua marca até fechar os números do caixa no fim do dia.

2. Identificação com o segmento

Você está pronto para enfrentar todos os desafios do ramo?
Como diferenciar seu negócio no meio de tantos concorrentes? Quais são os seus diferenciais?
É preciso levantar todas as possíveis questões que esse novo negócio vai acarretar nos seus investimentos, tanto de tempo quanto de dinheiro, pois são horas diárias de dedicação, negociação com fornecedores, atendimento ao cliente, gestão de pessoas, recursos e muito mais.

3. Estudo de Mercado

Ok. Você decidiu que vai seguir em frente. “Vou abrir uma hamburgueria!”.

Qual é seu público-alvo? Em qual localização? Qual a faixa de preços média dos concorrentes no raio de 1km, 5km ou 10km? Quais são as promoções, os combos, os cardápios?
É importante pesquisar o que acontece na região em que você quer montar seu negócio, entender o que o seu público recebe, quais são os valores médios, como é a experiência de compra e consumo dos concorrentes, assim como definir uma comunicação clara a partir de uma pesquisa de mercado.

reducao-de-custos-24. Franquia Vs. Negócio Próprio

É uma decisão muito importante, pois ambos tem suas vantagens e desvantagens.
Em um negócio próprio, você começa sua empresa do zero, não tem um modelo engessado, pode criar sua própria identidade visual, o lucro fica para você e, dependendo do ritmo de crescimento e expansão, pode até virar uma franquia.
Por outro lado, abrir um negócio próprio exige bastante conhecimento sobre o mercado, concorrência e gestão de negócio, além de que o investimento de começar algo do zero pode ser bem alto (tanto de tempo como em dinheiro), assim como promover sua marca e torna-la conhecida no mercado, também demanda um investimento considerável.

Mas se decidir por abrir uma franquia, precisa conhecer muito bem todas as opções, para então escolher o produto que você que você acredita e se identifica, pois ao assinar o contrato a escolha não pode ser desfeita. O treinamento e o funcionamento já tem um padrão de qualidade e em todas as lojas o mesmo tipo de atendimento deve ser fornecido.
Mas, assim como o negócio próprio, as franquias também suas desvantagens, o ponto normalmente é escolhido pelo franqueador, o que pode afetar seus planos, por ser um modelo de negócio pronto, não aceita mudanças na sua estrutura, assim como é necessário recolher taxas para o franqueador.

O ideal é por tudo na ponta do lápis, fazer algumas contas e também conhecer diferentes modelos de negócios (franquias e próprios), antes de escolher por qual caminho seguir.

5. Aposte na qualidade da experiência

Após levantar todos esses pontos e tomar as decisões estratégicas necessárias para entender o direcionamento do seu negócio, é preciso focar na qualidade da entrega dos seus produtos e serviços.
As pessoas querem boas experiências: um ambiente legal, bonito, aconchegante e limpo, assim como atendimento personalizado e de alta qualidade, para serem cativados com o local e também com os sabores apresentados no cardápio.

6. Diferenciação do produto

Além da alta concorrência desse mercado, utilizar produtos de qualidade é extremamente importante e inquestionável, não somente nos ingredientes da cozinha, para apresentar opções saborosas na mesa, mas também nos acompanhamentos, como ketchup, mostarda, pimentas, bebidas e outros itens no menu.

É importante garantir que sejam de procedência conhecida e tenham qualidade inquestionável. Sinalize no cardápio essas marcas, como “hambúrguer angus com catupiry”, ou “sanduíche de peito de peru com cream cheese philadelphia” e assim por diante.
Além disso, também é possível adicionar ao seu cardápio molhos caseiros, como maionese caseira e molhos variados (sempre frescos e feitos no dia), com ingredientes selecionados, para complementar os lanches.

7. Ofereça variedades

Ainda pensando na diferenciação do produto e na qualidade do que será entregue, inove no cardápio, ofereça opções novas de hambúrgueres, combinações diferentes com temperos novos, além da possibilidade de adicionar itens e personalizar o lanche.
Uma boa variedade incentiva os consumidores a testar e provar.

8. Restrições alimentares

Além dos tradicionais hambúrgueres feitos com carne animal, também temos aqueles que optam, sejam por questões alérgicas ou por opção de vida, não consumir alimentos de origem animal, participando de dietas vegetarianas e veganas.
Esse público também se sentirá acolhido em seu restaurante se houverem opções para consumo sem carne ou alimentos de origem animal, além de que as receitas vegetarianas também são deliciosas e tem muitos simpatizantes.
Outras opções, como sem glútem e sem lactose, também tem muitos adeptos.

É importante ter essas opções em seu cardápio para agradar aos consumidores.

Gostou do post?
Acompanhe nossos posts semanais com dicas para o seu estabelecimento.

 

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Elisangela Aparecida Araujo Caires disse:

    Show,maravilhoso. Muito obrigado, sou estudante de gastronomia no ultimo semestre amei o site.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Alex disse:

    Muito boa essas dicas, estou querendo abrir uma hamburgueria e estou lendo tudo a respeito. Parabéns pela iniciativa.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s