Como conquistar seus clientes através do cardápio em 5 passos

Um cardápio é uma grande ferramenta de marketing, que quando bem utilizada e desenhada, melhora o rendimento e a força da sua marca.

Você consegue ler este texto em: https://menu.com.vc/blog

O menu é a única ferramenta de marketing que 100% dos seus clientes vão ver e consultar, o que o torna um recurso incrivelmente valioso e que pode converter positivamente para a o seu negócio.

Um cardápio bem desenhado não vende apenas comida, mas também trabalha e define a marca, seus princípios e também é focado no seu público-alvo.

Mas antes de realmente desenhar (ou renovar) o seu menu, é necessário estabelecer algumas metas para isso, como o que você considera mais relevante para o seu público, assim como realizar uma análise do cardápio que você já tem em casa, e analisar quais pontos poderiam ser melhor trabalhados.

Como fazer um menu de sucesso:

1) Conquiste pelos olhos

Os consumidores sempre leem os menus de uma maneira muita rápida. Sendo que o primeiro e o último item normalmente acabam chamando mais a atenção, então posicione os seus itens mais lucrativos nessas áreas.
As pessoas prestam mais atenção para as páginas de dentro do cardápio, então no caso de um menu com mais páginas, coloque seus pratos de destaque nesses espaços internos. Assim como nas páginas pares (verso das páginas), normalmente temos itens com menos destaque então, se for utilizar essa área, foque em itens de baixo destaque, como menu infantil ou bebidas mais simples (água, sucos etc.).

Utilize cores e imagens que chamem a atenção.
Muitas vezes um retângulo ou circulo atrás dos pratos pode chamar muito a atenção, assim como uma boa abordagem dos pratos, com uma descrição clara da composição, ícones destacando que aquele prato é um especial da casa, ou favorito pelos clientes, também influenciam nas escolhas dos clientes.

2) Escolha as palavras com cuidado

Os consumidores gostam de tomar decisões baseados em nomes e descrições.
É importante trabalhar com adjetivos e também regionalidades, como “Tradicional Feijoada Brasileira” é muito mais atraente que simplesmente “Feijoada”.

Destacar o modo de preparo dos ingredientes também é um detalhe que faz toda a diferença. Dizer se a carne é grelhada, se a salada é fresca, assim como a origem de alguns dos ingredientes, sabores especiais e tamanhos de porções são outros pontos que facilitam a tomada de decisão dos clientes.

pexels-photo-113758

Na descrição dos pratos, embora os detalhes sejam importantes, tente não ultrapassar de 15 palavras, para não deixar o menu muito longo e também evitar muita demora nos pedidos dos clientes. Mas lembre-se de que os consumidores de hoje são mais exigentes e muitas vezes mais sofisticados, o que torna bem importante ter uma boa descrição dos pratos.

3) Boas fotos

Muitos restaurantes acabam evitando colocar fotos no cardápio, mas algumas imagens podem ser muito boas para impulsionar as vendas de alguns pratos, sobremesas, drinks e bebidas no geral. Use com sabedoria as imagens, não é necessário colocar uma imagem por prato, se a descrição for boa e clara, mas utilize uma foto para identificar algumas categorias principais, e algumas fotos menores para mostrar alguns dos pratos.

É importante destacar que essas fotos devem ser coloridas, atraentes e de alta qualidade, para chamar a atenção dos consumidores de maneira positiva, alimentar a expectativa de saborear aquele prato e outros mais do seu restaurante.

4) Esconda os preços

Chame a atenção para a descrição, para as imagens, tamanho da porção e ingredientes, mas não para o preço do prato em si. Não deixe o preço passar na frente do sabor que você pode entregar para o consumidor, a experiência do local e o atendimento também influenciam nessa decisão pautada em preços.

Evite colocar todos os preços em uma única coluna, do lado direito do seu menu, pois isso convida todos os clientes a compararem os preços dos seus pratos e optarem pelo menor deles. Procure colocar os valores após a descrição do seu produto, seguindo o mesmo tipo de fonte e tamanho de letra.

5) Proteja sua marca

O seu cardápio deve comunicar a sua marca. Procure entender o seu restaurante e traduzir tudo isso no seu menu, se a descrição for moderna, sua comunicação e o seu cardápio devem seguir essa mesma linha.

OC1OU60.jpg

Um menu bem escrito, organizado e atraente pode estimular as pessoas a pedir pratos mais caros, ou a fazer concessões do tipo “Eu mereço!”, cedendo aos impulsos e deixando a dieta de lado. Isso pode maximizar seus lucros e aumentar a força da sua marca.

Anúncios

5 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s