A importância de manter os alimentos separados

A contaminação cruzada é uma das grandes causas da intoxicação alimentar.

Mais de 500 milhões de pessoas adoecem no mundo anualmente devido ao consumo de

alimentos contaminados, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). Desses

mais de meio bilhão de contaminados cerca 350 mil falecem. É nosso dever atuar para

diminuir esses números!

O que é contaminação cruzada?

Contaminação cruzada é o processo pelo qual bactérias ou outros microrganismos são

transferidos não intencionalmente de um alimento ou objeto para outro com um efeito

nocivo. Quando estiver manuseando carne crua, aves e frutos do mar, mantenha eles e os

sumos separados de alimentos prontos para consumo, frutas frescas e vegetais. De acordo

com o FDA (Órgão americano responsável pelo controle dos alimentos) comidas cruas e

alimentos prontos para consumo devem ser separados durante a estocagem, preparação e

manuseio. Essa ação simples pode prevenir contaminação cruzada e reduzir os riscos de

intoxicações alimentares.

Melhores práticas para prevenir contaminação cruzada:

 Separar os equipamentos por tipo de comida

 Limpar e higienizar as áreas de preparação dos alimentos

 Preparar as diferentes comidas em momentos diferentes

 Comprar alimentos já prontos para o consumo

Usar equipamentos distintos para cada tipo de comida é o cenário ideal! Uma maneira fácil de fazer isso em seu restaurante é combinar as cores de tábuas, utensílios e vasilhas. Por exemplo, use tábuas, utensílios e containers amarelos para frango cru, vermelho para carne crua e verde para produtos frescos.

Limpar e higienizar todas as bancadas da cozinha, equipamentos e utensílios depois de cada etapa da preparação é igualmente importante. Para prevenir que agentes patogênicos (bactérias, vírus, fungos) contaminem as comidas, os equipamentos devem ser lavados, enxugados e higienizados.

Preparar as comidas em momentos diferentes é uma outra ótima estratégia para prevenir a contaminação cruzada; prepare carne crua, peixe, aves e alimentos prontos para consumo momentos diferentes. Para minimizar a possibilidade de contaminação os alimentos prontos para consumo devem ser preparados antes das carnes cruas.

Por último, comidas pré-preparadas não requerem tanto manuseio ou preparo, então comprar mais desses itens ajuda a reduzir o risco de contaminação em sua cozinha. Seguindo essas práticas simples você irá reduzir a contaminação cruzada e minimizará o risco de intoxicação alimentar no seu restaurante.

Não se esqueça, sempre mantenha as comidas separadas!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s